domingo, 19 de abril de 2015

Máfia das Pizzas

A propósito do jantar de aniversário da dc fomos à Máfia das Pizzas. Li algures, quando pesquisava sobre este restaurante, que era um espaço que trazia para Cacilhas um pouco do Trastevere.

[O Trastevere é uma zona de Roma, famosa porque ainda mantém o seu aspecto original, mas também pela sua agitada vida nocturna, com diversos bares e restaurantes fantásticos e muita animação.]

Fiquei logo entusiasmada, pois foi uma das zonas do Roma que mais gostei e onde encontrei as melhores pizzas que já provei, e posso dizer-vos já que não me senti enganada.

(imagem do facebook)

A Máfia das Pizzas localiza-se no centro histórico de Cacilhas, na reabilitada Rua Cândido dos Reis. Para quem, como eu, conhecia esta rua há muitos e muitos anos, foi uma boa surpresa ver o seu estado actual, com vários espaços novos para experimentar e muitas pessoas na rua.

O espaço
O restaurante é grande e tem muitas mesas, mas não se iludam, costuma estar cheio e ter fila à porta. É, também, um local de eleição para jantares de grupo (como era o nosso caso) por isso calculo que seja conveniente fazer reserva para jantar. Num sábado à noite, em que o espaço estava completamente lotado, pareceu-me ser um pouco confuso e barulhento, mas faz parte do ambiente.
Destaco ainda, à entrada, os fornos de lenha, cujo calor e o cheiro nos abrem o apetite e nos transportam para uma qualquer pizzaria tradicional italiana.

A ementa
Como seria de esperar, a oferta de pizzas é vasta. Há pizzas para todos os gostos, mais ou menos tradicionais, mais ou menos italianas, e ainda outras bem portuguesas com ingredientes como farinheira e morcela. São pizzas de massa fina e estaladiça, recheadas com dois ou três ingredientes principais, à semelhança do que se faz em Itália.
Eu sou fã deste tipo de pizzas... já tive a oportunidade de provar várias em diversos restaurantes e, por isso, é com certeza que digo que estas são fantásticas. Gostei mesmo muito. São saborosas, gulosas e de comer e chorar por mais (mas basta uma, que a quantidade é mais do que suficiente).

O serviço
Apesar do restaurante estar cheio, o serviço foi rápido e eficiente. Não posso dizer que tenha sido extremamente simpático, mas foi, sobretudo, profissional.
A nossa mesa era de 12, e, muito pouco tempo após o pedido, as pizzas chegaram, quentes e sem enganos. Pareceu-me que estão habituados a ter "a casa cheia" (e ainda bem).

Em resumo
Recomendo! É o sítio ideal para um jantar de amigos. Tem uma óptima relação qualidade/preço. A zona é agradável e está na moda.
Espero, no entanto, que não seja uma moda passageira e que as pessoas saibam que há vida para além de Lisboa. Em Almada, começa a existir uma oferta gastronómica mais moderna e apelativa... as mudanças são evidentes.
Sim, vale a pena atravessar a ponte.

data da visita: 18.abril.2015
preço por pessoa: 13,50 € (varia entre os 12 € e os 15 €)

Máfia das Pizzas
Rua Cândido dos Reis 81, Cacilhas, Almada

segunda-feira, 13 de abril de 2015

Sabores de Monsaraz | Monsaraz

Passámos novamente pelo Sabores de Monsaraz e não resistimos em dar-lhe novo destaque.

O restaurante
No que parece ser uma casinha tradicional da vila de Monsaraz, encontramos um restaurante de cozinha aberta para a sala de refeições, onde é possível assistir ao reboliço da chegada, confecção e saída de todos os pedidos. Se ficar à janela, ou na esplanada, poderá apreciar a vista.
Do lado de lá do balcão, as duas cozinheiras que podiam ser as nossas avós - um pouco rezinzas, mas com umas mãos de ouro. Do lado de cá, a equipa de sala, atenciosa e disponível para nos explicar todas as ofertas disponíveis na carta para esse dia.

Entrada

Sala de refeições

Vista
A carta
Com uma oferta tradicional alentejana, é difícil escolher por entre os pratos apresentados. Deixem-se guiar pelo que vos apetecer, certamente que não irá desiludir.
Neste dia, começámos pelo couvert de pão alentejano e azeitonas (clássicos e sempre bons), e uma salada de queijo fresco com agrião que nos ofereceu sabores frescos e leves como entrada.
Para o prato principal, optámos pelos (mais-que) famosos Medalhões de Porco Preto com Cebolinhas, sendo que pedimos que o acompanhamento fossem batatas fritas. A carne, fantástica, a desfazer-se ao toque do talher; as batatas, fritas em azeite, mais caseiras não poderiam ser. Acompanhámos com um Monsaraz tinto - não sabendo dar notas detalhadas sobre vinho, digo apenas que acompanhou muito bem.
Não resistimos às sobremesas, que nos esperam em cima do balcão e nos observam mal entramos na sala. Um bolo de bolacha tradicional, com aquele sabor que só as coisas feitas em casa costumam ter.

Medalhões de Porco Preto com Cebolinhas (acompanhado de batata frita)

Podem ver a carta completa aqui.

Relação qualidade/preço
Muito equilibrada. As doses são generosas, pelo que é preciso ter em atenção este ponto quando se faz o pedido (deitar fora comida tão boa é feio!). A nossa opção passou por tentarmos um equilíbrio que nos permitisse experimentar entradas, prato e sobremesa, e ficámos mesmo muito bem servidos.

Veredicto
A não perder, sem dúvida. Merece até uma visita propositada à vila de Monsaraz - porém, aconselhamos fortemente a reserva prévia.  O restaurante é muito procurado, com boas críticas no TripAdvisor, e são recusadas mesas caso as reservas já tenham lotado a sala.


preço por pessoa: 20 €

Sabores de Monsaraz
Largo de S. Bartolomeu, Mosaraz
www.saboresdemonsaraz.com | facebook

sexta-feira, 10 de abril de 2015

Pastelaria Conventual - Pão de Rala | Évora

À procura de um local para o pequeno almoço, aceitámos a recomendação do Trip Advisor e visitámos a Pastelaria Conventual, em Évora, que, apesar de não ser um restaurante, merece uma nota de especial destaque.

O espaço
Num ambiente típico de uma casa de chá, a Pastelaria Conventual situa-se num pequeno largo que, apesar de estar dentro da muralha da cidade, está afastado do bulício da praça do Giraldo.
Lá dentro, mesas espaçosas de madeira escura, decoração com objectos do campo e fotografias das celebridades com a Dona Ercília, responsável pela montra de doces de aspecto irresistível que nos complica as escolhas para o pequeno-almoço. Cá fora, uma pequena esplanada que permite receber mais clientes em dias de clima ameno como os que encontrámos.

Entrada

O que nos oferece
O Pão de Rala, o doce conventual que dá o nome à casa, é a estrela, como seria de esperar. Na montra é possível também encontrar muitos mais doces do tipo conventual e também típicos da gastronomia alentejana.
No meu caso, por preferir salgados aos doces pela manhã, pedi uma simples torrada de pão alentejano e um galão, que, embora simples, me souberam à casa da avó.
No final, não resisti a provar o famoso Pão de Rala, que no fundo é um pão recheado com fios de ovos, amêndoa (e talvez gila, não sei bem). Doce, muito doce, mas a massa que envolve este recheio tem um sabor neutro que equilibra os sabores e eu, que normalmente não gosto de doces conventuais, gostei muito deste Pão de Rala. Sucesso garantido como um bom souvenir de Évora!

Montra

O serviço
Familiar, muito simpático e muito eficiente. A conjugação perfeita!

Veredicto
Claramente, paragem obrigatória numa visita a Évora! De certeza que não vai conseguir resistir àquela montra.

preço por pessoa: entre 5 € e os 10 € (peq. almoço)
pão de rala: 25 € / kg

Pastelaria Conventual - Pão de Rala
Rua do Cicioso, 47, Évora

quinta-feira, 9 de abril de 2015

Taverna dos Conjurados | Vila Viçosa

Conhecido de há vários anos. Daqueles que quando reencontramos dizemos: "Estás na mesma! Não envelheces". Aninhado junto ao Paço Ducal, em Vila Viçosa, o Taverna dos Conjurados é daquelas casas que se mantém fiel aos seus princípios: simpatia no atendimento, comida de excelência, ambiente tranquilo.
A fórmula de sucesso mantém-se e a comida tradicional alentejana continua a pautar os manjares que encontramos no restaurante.

O restaurante
Localizado numa antiga cavalariça, a sala do restaurante apresenta uma decoração sóbria, onde a traça antiga se destaca. Uma nota especial para os WC que exibem lavatórios em pedra maciça que são muito raros no país. Com iluminação artificial e morna, o ambiente é tranquilo, dando espaço para conversas demoradas e para uma degustação pormenorizada das iguarias escolhidas para a refeição.

Sala de refeições

A carta
Gastronomia alentejana. Sabores clássicos. Sopas, Peixe e Carne. Alguma caça. Pratos por encomenda que nos convidam aos banquetes em frente da lareira da casa de família. Começar pelas entradas é entrar pelo mundo de queijos e de enchidos que combinados com o pão alentejano abrem o apetite para as açordas ou sopas tradicionais. No peixe realça-se o bacalhau e o cação. As estrelas estão na carne. Migas ou borrego são algumas das sugestões que podem ser encontradas no menu. Escolha à vontade. Desta vez optei pela combinação da mostra de enchidos de porco preto para entrada e para as costeletinhas de borrego. Tudo divinal. Como sobremesa um toucinho do céu para culminar o pecado em beleza. Não há dieta que resista.
No que diz respeito aos vinhos a abordagem é diferente da clássica. A recomendação recai num tinto ou num branco que são os eleitos pelo anfitrião. Pode ser consumido em jarros que vão desde os 0,25lts até ao 1lt. O tinto é sublime. Uma edição produzida apenas para o restaurante. Se ainda assim for céptico a esta abordagem existe uma oferta mais selectiva mas onde o preço é naturalmente mais elevado.

Costeletinhas de Borrego

O serviço
O serviço é muito bom. Sereno e que convida à exploração. Tudo leva o seu tempo. A honestidade e a transparência são fruto da certeza da qualidade que é servida. A cada momento é explicado o que se tem pela frente, não deixando espaço para que hajam dúvidas em relação ao que é servido. Arrisco até que num dia nos sentemos e se diga: escolha, eu confio em si.

Veredicto
O Taverna dos Conjurados é uma das referências do alentejo. Para conseguir mesa recomendo vivamente que se efectue reserva. O restaurante combina uma óptima carta com um serviço dedicado e um nível de preços que está perfeitamente ajustado. Uma refeição completa e que inclui vinho cifra-se em cerca de 25 euros por pessoa. Seja num passeio ou numa ida propositada para conhecer, o Taverna dos Conjurados é um dos restaurantes portugueses que merecem uma visita.

preço por pessoa: entre 20 € e os 25 €

Taverna dos Conjurados
Largo 25 de Abril, 12, Vila Viçosa